quinta-feira, janeiro 19, 2017

Nem no mar nem na terra. Charles Fonseca. Poesia