domingo, dezembro 25, 2016

A paz. Charles Fonseca. Prosa

A PAZ
Charles Fonseca

Pra ficar em paz deixei a minha com os meus amores lá atrás e ela está aqui, ela me acompanha. A paz que salva, a do meu mestre, meu guia, meu protetor, a paz do meu salvador, o mesmo da minha cidade que é da baía de todos os santos, de todos os orixás, de todos os oxalá, quem sabe, algum dia, a agonia se vá, a alegria daqui esteja lá e cá ao mesmo tempo num só lugar.