sábado, junho 11, 2016

Por que choras? Charles Fonseca. Poesia

POR QUE CHORAS?
Charles Fonseca

Tanto que quis amar-te e me fugiste,
Tanto que quis perdoar tuas desfeitas,
As minhas faltas presentes tu as deixas
Vagando sem campa pra sempre tristes.

Sorris à distância, perto vou embora,
Meu adeus pra sempre é interminável,
Por Deus, o que eu te fiz tão execrável,
O que não te fiz sorrindo, porque tu choras?