quarta-feira, janeiro 31, 2018

O grande e o pequeno. Charles Fonseca. Poesia,

O grande e o pequeno
Charles Fonseca

Agora vou me deitar
dormir, mas com que sonhar
com o real por aqui
com imago e sorrir
símbolo pra disfarçar
ou de tudo um pouco e já?

Quando sonho acordado o sono se vai. O sono se indo é um pouco e mais... Tão mais até que exausto vou sonhar dormindo. E dormindo não sinto o quão diminuto fica o que era tão grandioso e mais.