sábado, maio 27, 2017

A cada dia. Charles Fonseca. Poesia

A CADA DIA
Charles Fonseca

A cada dia o início mais distante,
Está mais próximo o fim, a cada noite,
Da partida, só a esperança não foi-se
De ainda estar contigo mais um instante.

A cada vez, afunda no oceano
A nau de minha vida, estou num bote,
Mar em procelas me afastam do norte,
Que és tu, amada minha, só a ti amo.