segunda-feira, abril 10, 2017

Pios. Charles Fonseca. Poesia

PIOS
Charles Fonseca

Pobre e pios mortais
Vede que bela alma
Tão sublime que animais
A ver mais e mais e mais.