terça-feira, janeiro 31, 2017

Bendita. Charles Fonseca. Poesia

BENDITA
Charles Fonseca

Uma águia insegura
Ou corvo a mim crocita
Que pena por ser bendita
Minha fala na altura

Destes meus setenta e dois
Bem vividos alegria
Oh céus dá-lhe catita
A simpatia pois pois.