segunda-feira, dezembro 19, 2016

Beija-flor. Charles Fonseca. Poesia

BEIJA-FLOR
Charles Fonseca

Eu sumo de tangerina,
tu somes flor de laranja,
ele some e esbanja,
teu sumo frescor de menina.

Onde anda o teu amor
o meu aonde estará?
aqui, pertinho, vem cá,
quero ser teu beija flor.