segunda-feira, dezembro 05, 2016

A Gruta. Charles Fonseca. Poesia

A GRUTA
Charles Fonseca

Tem cheiro de alecrim
rosa, lírio e jasmim
um jardim bem cultivado
já a terra bem arada
um pouquinho de adubo
já um pouco orvalhada
fácil entrar neste vestíbulo
um pouquinho apertada
continente e conteúdo
entro assim na minha morada