sábado, setembro 17, 2016

Na rua. Charles Fonseca. Poesia

NA RUA
Charles Fonseca

Morena este teu dorso
Bronzeado belas praias
Doirado ao sol não saias
Nem biquíni que colosso

Como te vejo na rua
Como te quero eu como
Como tu foges eu tomo
Por musa a lua nua.