domingo, agosto 28, 2016

Mulher. Charles Fonseca. Poesia

MULHER
Charles Fonseca

Mulher, tu sabes que me agrada
O teu rosto tão cheio candura
Olhares sorrisos em fartura
Amassos gosto teu corpo fala

Que me amas mais do que mereço
Embora muitas vezes não digas
O quanto nos livrou de intrigas
Nossa cumplicidade apreço

Apressa o passo a vida esvai-se
Que vá eu antes de ti eu peço
Aos céus de ti não me despeço
Na terra um ao outro o amar faz-se.