quinta-feira, agosto 04, 2016

A vós. Charles Fonseca. Poesia

A VÓS
Charles Fonseca

Lembranças que chegam tantas
às minhas ternas saudades
enlanguescem-me as vontades
dos tempos idos, crianças,

Vivo só para duas
quem dera se fossem mais
agora, momento de paz,
quero ao menos ver as tuas

Pois sábio mais que veloz
tempo do agora se foi
o que virá será pois
futuro, vocês, avós.