quarta-feira, julho 13, 2016

Cruzes. Charles Fonseca. Poesia

CRUZES
Charles Fonseca

Quarto de século, luzes,
Quarto de sexo, alvores
De novas vidas, amores,
De outras dores, cruzes.