terça-feira, junho 28, 2016

Filêmon 2


1
Se, portanto, existe algum conforto em Cristo, alguma consolação no amor, alguma comunhão no Espírito, alguma ternura e compaixão,
2 completai a minha alegria, deixando- vos guiar pelos mesmos propósitos e pelo mesmo amor, em harmonia buscando a unidade.
3 Nada façais por ambição ou vanglória, mas, com humildade, cada um considere os outros como superiores a si
4 e não cuide somente do que é seu, mas também do que é dos outros.
5 Haja entre vós o mesmo sentir e pensar que no Cristo Jesus.
6 Ele, existindo em forma divina, não se apegou ao ser igual a Deus,
7 mas despojou-se, assumindo a forma de escravo e tornando-se semelhante ao ser humano. E encontrado em aspecto humano,
8 humilhou-se, fazendo-se obediente até a morte – e morte de cruz!
9 Por isso, Deus o exaltou acima de tudo e lhe deu o Nome que está acima de todo nome,
10 para que, em o Nome de Jesus, todo joelho se dobre no céu, na terra e abaixo da terra,
11 e toda língua confesse: “Jesus Cristo é o Senhor”, para a glória de Deus Pai.
12 O FRUTO DO TRABALHO APOSTÓLICO
Portanto, meus queridos, como sempre fostes obedientes, não só em minha presença, mas muito mais agora em minha ausência, realizai a vossa salvação, com temor e tremor.
13 Na verdade, é Deus que produz em vós tanto o querer como o fazer, conforme o seu agrado.
14 Fazei tudo sem murmurar nem questionar,
15 para que sejais irrepreensíveis e íntegros, filhos de Deus sem defeito, no meio de uma geração má e perversa, na qual brilhais como luzeiros no mundo,
16 apegados firmemente à palavra da vida. Assim, no dia de Cristo, terei a glória de não ter corrido em vão, nem trabalhado inutilmente.
17 E mesmo que meu sangues e já derramado sobre o sacrifício que é o serviço da vossa fé, eu me alegro e comparto minha alegria com todos vós.
18 Pelo mesmo motivo alegrai-vos, vós também, e congratulai-vos comigo.
19 ENVIO DE TIMÓTEO E DE EPAFRODITO
Espero, no Senhor Jesus, que eu em breve possa enviar-vos Timóteo, para que eu também me reconforte com as notícias que tiver de vós.
20 Não tenho nenhum outro com iguais disposições a vosso respeito e que tão sinceramente como ele se interesse por vós.
21 Os outros buscam os seus próprios interesses e não os de Jesus Cristo.
22 Mas ele, vós sabeis que prova deu: como um filho junto do pai, ele se pôs comigo ao serviço do evangelho.
23 Por isso, é ele que espero enviar-vos, logo que eu veja claro acerca do meu destino.
24 Aliás, tenho a convicção, no Senhor, de que eu também irei, em breve, até vós.
25 Quanto a Epafrodito – que é para mim irmão e companheiro de trabalho e de luta, e que foi enviado por vós para me atender nas minhas necessidades – julguei que devia mandá-lo de volta a vós.
26 Ele estava com saudades de todos vós e andava muito preocupado, porque ficastes sabendo de sua doença.
27 Realmente, ele esteve às portas da morte, mas Deus compadeceu-se dele, e não somente dele, mas também de mim, para que eu não tivesse tristeza sobre tristeza.
28 Apressei-me, pois, em vo-lo enviar, para que tenhais a alegria de revê-lo e eu fique mais aliviado.
29 Recebei-o, no Senhor, com muita alegria, e tende em grande estima pessoas como ele.