quarta-feira, junho 08, 2016

Em parte. Charles Fonseca. Poesia

EM PARTE
Charles Fonseca

Sumiram-me da vida quem mais prezo,
A ela deu a mão a solidão,
Juntei-me, então, à pena nos desvãos
Da sublime arte, fiz-me poeta.

Condenso com a pena a minha arte,
Os tendo à distância os faço perto,
Insano fico são com os meus versos,
Reverso do real sou o todo em parte.